Anúncios
FINANÇAS

O iFood é multado em R$ 1,5 milhão por invasão que trocou nome de restaurantes

Published by
Gean Soares
Share
Anúncios
Anúncios
Anúncios

O Procon Carioca, órgão municipal de defesa do consumidor, multou o iFood em R$ 1,5 milhão, por conta da invasão sofrida pela plataforma no começo de novembro, que resultou na troca temporária do nome de vários restaurantes no serviço para frases com ataques a políticos e a vacinas.

Anúncio

Depois da invasão, que ocorreu em 2 de novembro, o Procon Carioca solicitou que o iFood explicasse o ocorrido e também falasse quais informações pessoais dos consumidores da plataforma são armazenadas e compartilhadas pelo serviço.

Anúncio

Além disso, o órgão também solicitou que o iFood informasse qual foi o tempo necessário para a correção da invasão, quantas compras foram realizadas durante o período do ataque e, por fim, como a mudança dos nomes ocorreu.

Como o iFood não respondeu à solicitação do Procon Carioca, o órgão decidiu aplicar a multa de R$ 1,5 milhão na plataforma.

Como a invasão ocorreu

No dia 2 de novembro, clientes do iFood notaram que nomes de vários restaurantes haviam sido trocados por mensagens de cunho político. Segundo a plataforma, a situação atingiu cerca de 6% dos estabelecimentos.

De acordo com a empresa, não existem indícios de comprometimento da base de dados pessoais ou informações de cartão de crédito dos usuários. Ainda segundo a plataforma, o problema foi causado por um acesso não autorizado feito por uma companhia prestadora de serviço de atendimentos terceirizada que tinha permissões para alterar informações dos restaurantes.

O iFood afirmou no dia do ocorrido que não havia indícios de vazamento de dados de clientes e entregadores.

Anúncio

Anúncios
Gean Soares

Deixe um comentário
Published by
Gean Soares
Tags: iFoodProcon